LOCALIZAÇÃO DE LEITORES


web site estatísticas

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

PRESIDENTE.

.
Tenho lido na imprensa comentários sobre a eleição para presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Floriano. Alguns comentários claramente reconhecidos como jabá. Ou seja, pagos para serem difundidos.
.
Conversei com algumas pessoas sobre a relação plausível dos candidatos. O certo é que não se pode garantir com absoluta certeza que esses serão os mesmos do dia da eleição. Mas há um grau de possibilidade muito grande. São eles: LAURO CÉSAR, D'AGUIA e ANTONIO REIS.
.
Os outros estão tentando se valorizar. Tem gente que está pagando para seu nome sair na imprensa. Tem gente chantageando. Tem gente empacando. Tem gente fazendo cada marmota.
.
São dez os vereadores. Até agora só consegui reservar quatro nomes que não se impuseram. Todos os outros dizem que são candidatos. Então, teremos uma eleição com seis candidatos e quatro eleitores. Tem mais candidato que eleitor. Porque cada candidato votará em si mesmo.
.
O prefeito está metendo o dedo na conversa porque ele prometeu a presidência para um vereador. Vejam só, JOEL quer mandar na eleição da câmara. Na vez passada ele tentou isso até a última hora, e deu no que deu. Lembro-me que na saída da câmara logo após o resultado daquela eleição um apaixonado pelo JOEL disse que ele era o maior estrategista político de Floriano.
.
Que a eleição do vereador CELSO seria uma manobra do JOEL para se ver livre das cobranças às promessas que ele tinha feito aos, até então, candidatos de sua base.
.
Então, o vereador que está dando como certa a sua eleição baseado na promessa do prefeito, deve ficar com as barbas de molho. Ele fez essa promessa para mais de um vereador, de novo, da nova legislatura. Assim, para não ficar de mal com nenhum pode ocorrer que ele convide CELSO para ser presidente de novo. Como teria feito da outra vez.
.
Mas, e se alguém argumentar que CELSO é da oposição? Mas de que adianta? A base do prefeito é composta de oito vereadores. A oposição é formada por dois (CELSO - PSB - e ANA CLEIDE - DEM). Não dá para fazer nada contra os interesses do prefeito por todo o seu segundo mandato.
.
Vai "governar" com mais descaso ainda. Se com a oposição tendo quatro vereadores ele deu esse show de descaso, imaginem agora só com dois.
.
PS: pode ser que o presidente não seja nenhum desses que citei nominalmente. Pode ser outro que nem imaginamos. Isto porque vocês não imaginam o que se passa nos bastidores de uma eleição como essa. Vamos aguardar.
.

PRIMEIRA CAMINHADA DAS FAMÍLIAS “EM BUSCA DA PAZ”.

.
Por solicitação do HÉLIO DA RUA SETE estamos divulgando um evento que será realizado pela Paróquia Nossa Senhora das Graças em comemoração aos seus quarenta anos de evangelização.
.
Será a PRIMEIRA CAMINHADA DAS FAMÍLIAS “EM BUSCA DA PAZ” que acontecerá no dia 25/01/2009.
.
SAÍDA DO TERMINAL RODOVIÁRIO às 16h:00h. VALOR DA CAMISETA: R$ 10,00. ADQUIRA SUA CAMISETA NA SECRETÁRIA DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS, TABACARIA DO JEAN OU PELOS TELEFONES 3522-1380 – 8806-3115 – 8803-3730 – 8801-6126.
.
O objetivo é acompanhar e proporcionar às famílias um crescimento na espiritualidade para que as mesmas se transformem em Igreja doméstica e promotora da Fé e da vida.
.
Então, quem tem fé religiosa e católica deve participar do evento.
.

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

MINISTÉRIO PÚBLICO COMBATENDO A FALTA DE ESCRÚPULOS.

.
Em postagem anterior afirmei que a Câmara de Vereadores, pelo que se sabia, não havia votado nenhum aumento de salário deles, do prefeito e secretários. Pois é, a cidade não sabia, como eu, porque esse aumento foi votado na encolha. Não houve divulgação.
.
Na postagem pus em dúvida a coragem de fazerem mais essa desfeita com a população de nossa cidade. Mas, agora, sabe-se que eles não têm escrúpulos. Aumentaram seus salários de tal modo, como uma ventania que deu no estado todo, que o Ministário Público, segundo o Blogue do EFRÉM RIBEIRO do portal Meio Norte de hoje "MINISTÉRIO PÚBLICO VAI ENTRAR COM AÇÕES CONTRA SUPERSALÁRIOS DE PREFEITOS E VEREADORES", que o MP não se furtou de exercer a sua finalidade em âmbito estadual.
.
Há prefeitos que irão receber, a partir do próximo ano, doze, dezesseis e até dezenove mil reais por mês num estado tão pobre como o nosso. Enviei mensagem à prefeitura procurando saber quanto serão os salários de prefeito e secretários. Mensagem:
.
"Olá senhores.
.
Gostaria de obter informação sobre os salários que irão receber o prefeito e seus secretário a partir de 2009. Como todos sabemos, esse assunto não foi debatido com a população e muito menos divulgado. No entanto, já sabemos que houve um aumento aprovado. É essa a minha pergunta: quanto serão esse salários?
.
Gostaria que minha pergunta não fosse ignorada. Não por mim, mas por uma questão de civilidade.
.
Cordiais saudações, mesmo assim.
.
Jair Feitosa."
.
Ao final apareceu uma mensagem dizendo: "Mensagem Enviada Com Sucesso!!!Obrigado!!! Entraremos em contato o mais rápido possível". Vou aguardar, caso contrário, existem outros meios.
.
No caso dos vereadores, a maioria absoluta está exultante com os novos salários. Isto porque em condições de normalidade de suas vidas nunca conseguiriam, por seus meios, um salário como o que irão receber. No máximo dois são capazes disso. O restante, nunca. A falta de escrúpulos reside exatamente quando não houve dúvidas em aprovar o aumento.
.
Mas resta uma esperança. O MP irá dá continuidade às ações para derrubar essa falta de escrúpulos.
.

REVEILLON LARANJA.

.
Reveillon tem a sua origem no francês e quer dizer "despertar, acordar". Estamos em vistas de comemorar a passagem de ano. Floriano é uma cidade que tem potencial econômico para fazer uma grande festa e com isso atrair turistas. Mas com esse prefeito, nós teremos, no máximo, uns foguetinhos de três tiros. Não é assim, mas é quase isso.
.
Mas uma coisa nós teremos: uma banda para comemorar a passagem de ano. Não anda nem nos pés da que vai para Barão de Grajaú. Um elemento que se diz empresário de eventos, na verdade um empresário laranja, diz para todo mundo ouvir, que essa tal banda (que nem me lembro mais o nome porque são todas umas...) vai custar R$ 40.000,00. Perguntei a pessoas que trabalham com esse ramo quanto realmente custaria essa banda em condições de evento particular. O contrato fica entre quinze e vinte mil reais, no máximo. Eu não sei como esse elemento entra nessa história. Mas, coincidentemente, ele está em todas as transações da prefeitura com esse tipo de evento. Aliás, ele criou uma empresa só para isso.
.
Mas para a prefeitura de Floriano eles (da tal banda) vão fazer um abatimento (nos cofres públicos) e tocarão por quarenta. É uma pechincha. As pessoas irão ao evento e se entorpecerão de foguetes, bebidas, comidas, "músicas" e não perceberão aquilo que o prefeito sempre vê lá de cima do palanque todo ano.
.
Um monte de gente dormindo. Um monte de gente desacordada, apesar do barulho. Mas o sono é apenas na consciência política.
.
Gente, reveillon quer dizer "acorda", "desperta". Esse homem está enganando todo mundo.
.

EDNALDO SOUSA LIMA DA SILVA.

.
.
.
Olha o EDNALDO aí. Ele disse que eu não teria coragem de colocar a foto dele aqui. Nunca bebeu na vida. Conheço esta peça desde criança. Nunca quis estudar. Nunca procurou se especializar num ramo de atividade. Ele virou isso que a foto indica. Outros, como ele que negligeciaram também a sua formação, viraram político. Nesse dia, ele pediu licença, sentou e começou a conversar miolo de pote. A dona do bar, a DELCI, disse pra ele capar o gato. Ele disse que ela é muito ignorante (injustiça). Não é, não, EDNALDO. Tu tava era chapado.
.
.

MAIS DO PASSADO.

.
.
.
Dia primeiro de maio num dos anos do final da década de 70. Eu (fazendo tipo) e minhas irmãs: SORAYA e SILVANA.
.
.
.
Já nesta foto, início dos anos oitenta, estou pegando uma brisa no rosto na Ponte Metálica em Fortaleza. Ponto turístico, no entardecer as pessoas se aglomeram para ver o pôr do sol.
.
.

FATO: RUA GABRIEL FERREIRA.

.
.











.
Vejam essa seqüência de baixo para cima. É um retrato indisfarçável do modelo de "administração" JOEL nos últimos quatro anos em nossa querida Floriano: DESCASO. E pensar que ainda teremos mais quatro. Oh, infeliz cidade. Será que a cidade aguentará? Será que as pessoas que gostam e moram aqui terão de suportar aqueles que nem sabem direito quem é JOEL dizer que ele está revolucionando a cidade? Se ampliadas as fotos, veremos que, se a cidade é a cara do prefeito, então ninguém poderá dizer que venceremos algum concurso de beleza nesses terríveis quatro anos de descaso vindouros. Isto é no bairro São Cristovão.
.
.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

QUALQUER COISA, CHAMEM ESSES HOMENS.

.
.
.
Na foto, da esquerda para a direita: GUSTAVO, filho do DARIO proprietário de empresa do ramo de enterro, e "Doutor", motorista. Certa vez estava conversando com um "bebim" que ficava embriagado duas vez ao dia. Ele se queixava de não se sentir bem. No meio da conversa o DARIO ia passando e perguntei a ele se deseja fazer uma consulta com o "Dr." Dario. E fiz um gesto pedindo para o DARIO parar o carro. Ele ficou indignado e pediu que parasse com aquilo, pois ele era superticioso. Sobre o "Doutor" da foto, apelido que ele tem desde criança, brincamos muito quando éramos crianças. Tem gente que sabe cada história dele. Qualquer dia conto umas aqui. É "um cabra vei". Está com uns três anos que nos prometeu levar um peixe para tira-gosto. Mas ele garantiu que dessa vez, na virada do ano, ele vai aparecer lá no Bar da Delci com um. Vamos vê.
.
.

SOBRE POSTAGEM: O AMARELINHO NA RECORD.

.
.

.
Para quem não sabe esta é a rua que apareceu para todo o país no programa Repórter Record da Rede Record. Foi quando da entrevista com o comunicador Amarelinho. Uma senhora e seu jumento iam passando e foi entrevistada pelo comunicador. Tudo filmado e exibido em rede nacional. Vejam as condições que nossa querida cidade foi mostrada. É uma vergonha em nível nacional. E tem gente capaz de dizer que o prefeito está certo. Que o prefeito está revolucionando a cidade. Só mesmo cego não quer vê. Ampliada, esta foto fica mais indigna.
.
.

FALA FÁCIL. (!?) - II.

.
Meu Caro HÉLIO CÉSAR.
.
Você sabia que a prefeitura está inadimplente com convênios federais? E que por isso os muitos milhões anunciados na campanha não serão liberados tão cedo? E você sabe as conseqüências disso.
.
Meu caro HÉLIO, vamos acabar com esse preconceito bobo e inútil de pensar e dizer que o fato de fazer denúncias é uma atitude sem conseqüências práticas. Isso é ideológico. Cada um pode fazer aquilo que está ao seu alcance. Criei meu Blogue para dizer o que penso baseado em fatos e reflexões. Se vou falar pouco ou muito, sou eu mesmo que terei de fazer essa ponderação. O Blogue é meu. Vamos deixar esse preconceito que diz ser apenas útil as atitudes que têm, na sua finalidade, um produto, ou uma atitude prática.
.
Se o que você diz, consciente ou inconscientemente, fosse verdadeiro não haveria mais Filosofia e Ciências Humanas em nossos dias que é repleto de preceitos da moralidade pragmática. Isso é pura ideologia. Uma ideologia preconceituosa. Se pensar não servisse para nada nós seríamos um bando de seres que precisaríamos fazer uma coisa várias vezes para encontrar a forma correta de fazê-la. E mesmo para avaliar a coisa como correta, ou não, teríamos que pensar sobre o que é certo ou errado.
.
Para fazer esse comentário, você deve ter pensado antes. Ou, então, quem seria um "Fala Fácil" seria você. E assim, a crítica que você me faz seria muito mais bem endereçada a você que a mim. Se este raciocínio estiver correto, mesmo você sendo tão mais novo que eu ( e aqui não reside nenhuma crítica, pois pessoas novas e velhas pensam e refletem, basta querer aprender a fazer isso sem necessidade nenhuma de datação cronológica) bastaria uma atitude muito simples para fazer sentido o que você disse: pensar.
.
Não estou dizendo, para que você seja coerente com o que disse, que venha me bater ou me matar (uma atitude bem ao gosto dos que acham que tudo o que se faz deve ter uma conseqüência prática, ou útil). Estou apenas demonstrando uma incoerência no seu raciocínio. O que você disse é exatamente o que faço. Ou seja, apontando aquilo que, segundo o seu ponto de vista, está errado. Estamos fazendo a mesma coisa, então. Só que penso que é a coisa certa, no meu caso. E com meus princípios, fundamentos e objetivos.
.
Os seus (dizer que JOEL revolucionou a cidade nos últimos quatro anos e defender o descaso com a coisa pública. Dê uma olha nos últimos dados do IBGE e veja o que aconteceu em quatro anos de JOEL na prefeitura de Floriano em relação à classificação dos municípios no aspecto econômico) não estão bem claros. Nem os motivos, nem muito menos os objetivos. É claro para mim que nem uns nem outros são puramente ideológicos. Porque não acredito que JOEL tenha posicionamento ideológico nenhum na política, na administração. Só tem econômico, e aos moldes de tudo o quanto é atrasado e imoral.
.
Identificar-se com tudo o que ele faz na administração pública é impossível, do ponto de vista ideológico. Só se junta ao JOEL e o defende quem não o conhece verdadeiramente, como acredito ser o seu caso (e isso não é demérito nenhum, pois milhares de florianenses que vivem aqui, apesar das denúncias, acreditaram nas promessas falsas dele). Ou por outro lado, aqueles que vivem sob o julgo de suas concessões financeiras.
.
Portanto, meu carríssimo HÉLIO CÉSAR, tudo isso é apenas uma questão de posicionamento ideológico. Você discorda do que penso e do que digo como conseqüência das minhas reflexões. E eu faço o mesmo em relação a você. Bom seria se todos nós tivéssemos a liberdade de pensar e dizer o que pensa sem ter que ser submetido à censura de quem quer que seja.
.
O ato responsável de pensar, falar e assumir publicamente é um ato honroso, é um ato a serviço da cidadania. Neste caso, se você não percebe estou fazendo algo útil. Alertando as pessoas para que tenham conhecimento para decidir da melhor maneira possível em quem votar. Porque o maior mal que podemos fazer às pessoas é negar-lhes informações. Falar pouco, nesse caso, é negar informações. E assim, não sou eu quem está prestando um desserviço aos eleitores e à população.
.

domingo, 28 de dezembro de 2008

MOMENTO ROCK'N ROLL.

.
Ontem amanheci e coloquei para tocar todinho o álbum duplo do Pink Floyd, The Wall. Hoje foi a vez de JANIS JOPLIN (Me and Bobby McGee; Try (Just a little bit harder); Cry baby; Mercedes benz...) e JIMI HENDRIX (Fool for you baby; Happy birthday; Don't accuse me; Hornet's nest...).
.

JORGE.

.
.
.
Este é o JORGE, filho do Zé do FAUSTO. Morador da Rua Sete. Dizem por lá que foi ele quem expulsou do Diabo de lá. Pense num menino esperto. Não dá murro em ponta de faca, de jeito nenhum. Quem foi, lá, que ele não pertubou ainda?
.
.

DUNE.

.
.

.
Este é o Dune. Esportista da Rua Sete. Neto do "seu" Cazé. É presidente de time de futebol. É um campeão. Esse cara, quando era pequeno, caiu na galeria, em época de chuvas fortes, e foi parar lá no rio Parnáiba. Atravessou a parte coberta da galeria, cerca de 400 metros, e não morreu. Quando apareceu na boca da galeria, as pessoas que já o aguardavam, pelo clamor que o fato gerou, deram gritos de alegria. É um sobrevivente. Levou um tiro no olho esquerdo e taí vivo como nunca. Não vai morrer tão cedo. O HÉLIO DA RUA SETE diz que ele tem sete vidas. Já gastou três (porque houve um acidente de carro), vamos vê as outras.
.
.

DESCASO - II.

.
.

Esta é uma demonstração clara, inequívoca de carinho do JOEL pela nossa querida Rua Sete. Vou passar lá na rua que ele mora para vê se está desse jeito também. Não duvido que esteja, não. Mas, em todo caso, vou passar lá.
.
.
.
Já nestas duas fotos vemos o carinho pela rua Aluízio Ribeiro. É, JOEL, você é insuperável na negligência quando se trata da coisa pública. Ninguém te supera em matéria de descaso com a população. Vamos precisar de muitos anos para ter um prefeito tão desleixado como você.
.

.

Para ver melhor, basta clicar na imagem e sentir o descaso de forma ampliada.
.

.

sábado, 27 de dezembro de 2008

DESCASO.

.
.


Galeria na Fauzer Bucar, bairro São Cristovão. Uma das maiores vergonhas do bairro. O prefeito JOEL prometeu, nas duas campanhas, que daria um jeito nessa galeria. Como ele nunca cumpre aquilo que promete, nesse caso ele está surpreendendo os moradores de lá. Está deixando o mato cobrir tudo para que ninguém veja aquele esgoto a céu aberto. Quando o mato cobrir tudo, aí as pessoas ficarão mais gratas ainda com o prefeito. Esse é um homem de palavra. Pense.
.
.

QUEM CONHECE?

.
.

.
Duas amigas de tempos idos. Ondem andam essas meninas? Quem sabe? Quem as conhece?
.
.

NOVAS FOTOS DE FINAL DE ANO.

.
.
.
Pense num menino trabalhador. Está aí arrancando mato. É meu irmão AIRTON em férias na casa de nossos pais.
.
.
.
Já nesta foto meu pai, JUAREZ FEITOSA, meu cunhado VALDO com uma camisa que ganhou de várias pessoas, meu outro cunhado JENUEL ajeitando o almoço. E ainda faltam as festividades de ano novo. Não vou agüentar, não.
.
.
Meu irmão AIRTON, Gerente da CHESF no Piauí, junto ao presidente LULA e ao governador W. DIAS.
.
.


OUTROS MOMENTOS.

.
.
Lá atrás meu irmão AIRTON. Na frente eu e minha irmã SILVANA. Minha irmã mais nova, SORAYA, ainda não havia nascido.
.
.
.
DEZEMBRO de 1989. Ano de nascimento de minha filha INGRIDY. Na foto estão LÍLIAN, minha esposa, INGRIDY e eu. O dia que cheguei de Fortaleza para conhecê-la. Época de campanha política para presidente da república. O meu candidato está na camisa. Meu primeiro voto para presidente.
.
.


.
Meu pai, JUAREZ FEITOSA, e eu em Fortaleza apreciando a orla marítima. Tempo bom. Sem muita preocupação.
.
.




sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

FOTOS DA SAUDADE.

.
.
.
Praia de Iracema num final de semana com amigos. Boa conversa, bons amigos e cerveja gelaaaada. Cultivei boas amizades. Que tempo.
.
.
.
Deitado na cama do quitinete em Fortaleza. Fiquei todo bonito para a foto. Não adianta dizer que não era bonito porque não estaria falando a verdade. Por favor, fiquem à vontade. Esse tempo já passou mesmo.
.
.
.
Meus tempos de adolescência junto a parente lá na Rua Sete. Em pé, da esquerda para a direita: LAURO e MORGANA (primos); SORAYA (irmã); eu. Agachados: no mesmo sentido, __________; CARLITO; EDNALDO; Bibi e Rito (primos).
.
.


EU NO TEMPO.

.
.
Bonito e sensual aos dezessete anos. Que tempo bom. Foto no quitinete em Fortaleza - CE. Tempo em que estudava lá (maneira de dizer).
.
.
Tempo que treinava Jiu-Jitsu duas horas por dia em três dias por semana, na Academia do Professor Sá em Fortaleza, meados dos anos 80. Cheguei a ser faixa azul terceira divisa. Depois fui treinar Karatê e aí parei com tudo. Foi uma pena. Mas decedi assim.
.
.


Já esta foto é de minha carteira de estudante do Colégio Lourenço Filho, em Fortaleza. Olha o estilo do cabelo. Era moda, né? Mas ficava bonitinho. Pelo menos algumas meninas míopes achavam.
.

.

OS TARZANS.


Imaginem a força resultante desses homens juntos. Professores OSCAR PROCÓPIO e EVERARDO LUZ, o amigo BILFRAN, seu filho LEANDRO e um sobrinho do OSCAR. Eu os fotografei no Clube do CAFS (ampliada se vê melhor). Dia de festa. De alegria. Já se vão mais de cinco anos.

BIANCA E EVERARDO.

O meu amigo EVERARDO LUZ e sua BIANCA. Lembra desse dia, Vevé? Clube do CAFS. Hoje a filha dele já está uma adolescente cursando o Ensino Médio. É, meu caro, já vai o tempo.

TEMPO DE SAUDADE.

Esta foto é de fevereiro de 1981. Época em que jogava bola todos os dias quando aqui estava em férias. Este campo fica no final da Rua Sete próximo ao Clube do Nilo, atrás do colégio Ulisses Marques. Tempo em que quase todo dia tinha briga, no dia, entre os jogadores. Mas, no outro dia estávamos todos lá de novo. Os componentes desse time (porque haviam vários) são: em pé, da esquerda para a direita, eu; Cutia; ZENON (primo); Agachados na mesma ordem, HÉLIO DA RUA SETE; LAURENO (primo); FRANKALINO. Tempo que lembramos com muita alegria.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

FELIZ CIDADE É FLORIANO.

.
Pois é, estamos aguardando de quanto será o aumento dos salários do prefeito, secretários e vereadores. Ninguém falou nada até agora. Por que será? Estou achando estranhíssimo. Será que criaram vergonha na cara e não vão fazer essa desfeita com o cidadão florianense?
.
Nada disso, o fato de não se ter falado nisso não se deve, em absoluto, ao respeito que deveriam ter ao cidadão. O motivo deve ser outro. Se não aumentaram o salário, alguma coisa estranha aconteceu para mudarem o comportamento habitual.
.
Mas se não haverá aumento muito melhor para o cidadão. O costume é sempre fazer na calada da noite e aproveitar que a população está distraída com festas e anunciam o trágico acontecimento. Neste ano, eu particularmente, estou surpreso pela ausência da notícia até agora. Será que Floriano virou cidade de político com vergonha na cara? Ah, se for isso, serei o primeiro a dá boas vindas a esse novo tempo.
.
E quanto ao anúncio dos novos secretários? Como antecipei no período eleitoral o prefeito iria criar tantas secretarias fossem necessárias para manter seus familiares "na boa". Sairam comentários que pelo menos três secretarias estão reservadas para a família. O que sobrar é que irá ser distribuída entre os aliados. Afinal um prefeito patrimonialista, oligarca, tem que manter as reservas para os seus.
.
E se não houver mais nenhum irmão dele no novo secretariado (o que seria impossível devido à sua prática política)? Melhor para a moralidade da coisa pública, pois teríamos a primeira administração sem nepotismo (esse câncer administrativo) em Floriano.
.
Vamos aguardar o momento em que a cidade vai manter ou modificar o conceito político em relação ao prefeito. Ou ele se transforma num homem público de verdade, ou continua sendo aquilo que sempre foi, um político menor. Igual a tantos outros que existem no Piauí. E essa igualdade é péssima para o cidadão florianense, pois nos iguala, em termos de consciência política, aos piores municípios do estado.
.

FALHA.

.
Tenho várias imagens para mostrar de tempos passados e presentes. Mas houve falha no carregamento hoje. Amanhã tentarei novamente.
.

"SEU" NÉ.


Este homem, MANOEL AVELINO CARDOSO, foi um sujeito ativo na construção da história da Rua Sete. Pai do HÉLIO DA RUA SETE e de seus irmãos deixou a nossa companhia muito cedo, infelizmente. Mas lembro de alguns momentos em sua convivência. A família é muito saudosa de sua companhia, e nós também.



quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

POLÊMICA.

.
O pessoal me dedurou para a DELCI (aquela que tem um bar lá na Rua Sete). Imprimiram uma cópia da postagem e entregaram a ela. Ele me disse para tomar cuidado. Prestar atenção com esse negócio de peixe da boca da galeria.
.
Que coisa mais sem sentido, essa rejeição. Quando ela mesma chegou à Rua Sete, há cerca de 11 anos, estava sentada na porta do bar quando um rapaz ia passando com uma "infieira" de peixe. Daqueles pequenos que se pega no nosso rio. Ela gostou e comprou. Assou e comeu. Achou maravilhoso.
.
Tempos depois o mesmo rapaz ia passando novamente e ela perguntou quanto era. Havia uma pessoa daquele bairro (São Cristovão) junto a ela que não indicou a compra. Depois argumentou que os peixes eram pescados na boca da galeria. Ela tomou um nojo incompreensível.
.
Eu mesmo nasci naquela região da cidade e costumei comer peixes que eu mesmo pescava lá. Nunca morri e nem tenho inveja de quem morre. Tudo isso é besteira, DELCI. Naquele tempo era pior porque o esgoto do hospital nem tratamento tinha. Os peixes eram todos gordinhos e saudáveis. Nós, que pescávamos lá, também.
.
Para selar a nossa amizade, então, prepara aí o copo e a cerveja do boçal (como ela me chama) que já estou indo.
.

FALA FÁCIL. (!?)

.
Um leitor que se diz HÉLIO CÉSAR escreveu um comentário sobre a postagem "João Vicente foi eleito para ser senador". Ele me identifica como "Fala Fácil".
.
Meu caro HÉLIO CÉSAR, eu sou meio tapado e não entendi se isso é um elogio ou uma depreciação. Mas independente disso agradeço a sua participação no meu Blogue. Sua mensagem já foi publicada e quantas mais você enviar também serão.
.
Quanto ao seu comentário ele revela a sua tendência política e nos coloca em lados opostos no campo ideológico. Sei das dificuldades que um prefeito enfrenta ao assumir o cargo. Conheço porque lemos, vemos, escutamos muitos relatos dando conta de várias circunstâncias que impedem, ou podem impedir, um prefeito de realizar as promessas de campanha.
.
Sei que nosso país passa por dificuldades financeiras, não como antes, mas passa. Sei que vivemos num dos estados mais pobres da federação. Sei que as administrações anteriores (irmãs gêmeas da atual) deixaram um rastro de impedimentos para vários caminhos que poderiam nos levar, se administrados fóssemos por um prefeito com ideais humanitários e moralmente aceitáveis, a uma condição de vida digna. Compreendo o seu fundamento para afirmar o que disse no comentário.
.
No entanto, esse prefeito assumiu empanado nas promessas de contrução de um modo novo de fazer política, de um modo novo de administrar a coisa pública, de um modo novo de se relacionar com a comunidade e expor as contas (de forma verdadeira e não maquiadas, aliás, como todos sabemos), de um modo novo de planejar e realizar aquilo que a cidade necessita e os cidadãos planejam.
.
A primeira coisa que o prefeito fez foi nomear toda a família para enriquecê-la através dos salários pagos com dinheiro público (isso é correto, HÉLIO CÉSAR?). O que ele construiu de novo foi um aparato de funcionários públicos que tomou conta da prefeitura como antes nunca visto em nossa cidade (assim ele atendeu àquilo o que muitos dos que votaram nele planejavam, mas em âmbito particular).
.
O que ele fez de novo foi uma coisa que a cidade não ignora mais: OBRAS INACABADAS. São várias, e você que o apoia, sabe muito bem quais são e quantas são.
.
Por isso é só uma meia verdade dizer que as dificuldades que impedem o prefeito de realizar as "obras" que prometeu são decorrentes das condições que ele encontrou na prefeitura herdadas dos desmandos passados. Quase todo o dinheiro da prefeitura é destinado para a "rubrica" gabinete do prefeito. É lá que se encontra o perigo. Você quer saber quantos e quem recebeu graciosamente contra-cheques do prefeito? Vá atrás.
.
A lei garante a ele gastar esse dinheiro todo sem dá satisfação nenhuma sob a alegação que são pessoas de sua confiança. Se esse dinheiro empregado fosse na realização de obras na cidade, não haveria nenhuma obra INACABADA e a nossa cidade seria outra. Faça as contas e veja quantas pessoas que a administração não necessita e que estão inchando as salas das repartições. Tem gente saindo pelo ladrão.
.
Mesmo assim, você quer que eu faça críticas sobre as realizações do prefeito. Meu caro, é só o que faço. As realizações são tantas que não poderia relatá-las todas aqui. Mas que acima dei um pequeno resumo.
.
Agora, quanto às "obras" que ele fez podemos contar nos dedos das mãos. O restante ele aprendeu com o prefeito anterior que elencava as "obras" nos folhetos em comemoração ao aniversário da cidade. Havia destaque até para a pintura nova da sala não sei de quê. Inauguração do ar-condicionado de outra sala. E coisas miúdas assim. Nesse caso não há como falar tudo aqui. Mas as coisas relevantes e que a cidade necessita de verdade estão INACABADAS.
.
Muito bem, meu caro HÉLIO CÉSAR, o "Fala Fácil" aqui quando começa não quer terminar. Mas vou ficando por aqui. Um abraço e obrigado pela participação.
.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

PARA LER E SENTIR.

.
Mais um texto do Filósofo PAULO GHIRALDELLI JR. já que não sei escrever sobre esse assunto (natal). "Para derrotar o vírus da Tristeza de Natal" não fala sobre JOEL e seu descaso com nossa querida cidade, não. Acredite. Mas bem que poderia ter sido escrito para ele. Muitos que acessam têm essa crença eu não poderia deixar um espaço em branco nesta data tão importante para tantos. Espero que tenham boas festas. Espero que gostem do texto. Espero que continuem lendo meu Bloge no próximo ano.
.
.
"PARA DERROTAR O VÍRUS DA TRISTEZA DE NATAL."
.
"Há pessoas que ficam tristes no Natal. Especialmente na noite de Natal, há os que não conseguem ficar alegres nem por um momento, mesmo que aparentemente nada indique razão para aquele beiço enorme que fazem ou para aquela cara amarrada que vestem.
.
Não falo dos depressivos de sempre. Estes já deveriam estar tomando algum derivado de paroxetina, e se não tomam é antes porque adotaram a identidade de depressivos que por qualquer aversão a remédios.
.
Sobre a "tristeza de Natal", chamo a atenção para os que ficam melancólicos "sem razão ou causa". Quem é vítima da "tristeza de Natal" pode ter as orelhas murchas, os olhos diminuídos, a boca cerrada e o nariz endurecido. Pode também ter os olhos um pouco parados, as orelhas quentes, o nariz seco e a boca um pouco torta. Há os que perdem qualquer expressão, ganham apenas a cara de "tristeza de Natal".
.
A "tristeza de Natal" é um tipo de melancolia. Mas não é melancolia. É quase um luto, mas não é um luto. É uma culpa – certamente. Mas um culpa diluída. A "tristeza de Natal" é um estado de quem sente que "falta algo" – um amor desfeito, uma paixão não vivida, uma parceria que acabou sem que a conversa tivesse acabado, um sexo bem feito que se perdeu, um dinheiro prometido que não veio, um emprego que foi embora, uma desvalorização imposta, uma falta de ter feito a coisa certa, uma incapacidade para agir, uma imensa falta de capacidade de "virar o jogo". A "tristeza de Natal", que se apodera da sua alma sem você saber de onde veio, chega antes que Papai Noel e vai embora mais tarde que ele. Adora uísque estrangeiro, mas como não sabe beber, a "tristeza de Natal" aceita qualquer coisa.
.
O pior remédio para a "tristeza de Natal" é a bebida. Mesmo quando você não se expõe e bebe quieto, na ceia de Natal na sua casa, a bebida traz pouco de vantagem; no máximo, ela o faz ganhar a ressaca do dia seguinte. Todavia, é bobagem você tentar encontrar outro paliativo para a "tristeza de Natal" que não a bebida. A bebida é como o supositório, você vai tomar naquele lugar, mas sabe que é bom, que é o que se tem naquele momento para sarar.
.
O segredo para que a bebida possa tirar você, ainda que aos poucos, da "tristeza de Natal", é você beber devagar e encontrar nos familiares que ama o lugar do amor que foi dedicado a você. Caso tiver sua memória aguçada, irá descobrir que em algum momento da vida familiar um deles se dedicou a você. Apanhe isso é imagine que é uma caixinha vermelha de laço amarelo que você está abrindo. Feche os olhos e desembrulhe lentamente. Ah! Lá está no fundo da caixa algo chamado carinho – você recebeu sim, recebeu aquilo, e foi daquela pessoa da família, não foi? Então, beba. Perceba a bebida tomar seu corpo sem que lhe faça passar mal, e se aproxime do familiar que quer abraçar e abrace. Deixe o corpo se entregar ao afago. Não abrace como quem abraça parceiros de negócios. Abrace para valer. Saiba que o que havia na caixinha era uma dádiva. A atenção de um familiar é uma dádiva. Você está a um passo de entender que é uma pessoa importante. Caso realmente queira, irá ver que a "tristeza de Natal" começa a retroceder. Daí para diante, é com você.
.
Esse tratamento pode ser iniciado mais ou menos umas três horas antes da meia noite na noite de Natal. Costuma não ter contra-indicações. É claro que às vezes você, na hora de abraçar, abraça uma prima casada, fica mais ousado aqui e ali e termina por tomar uns tapas do marido dela. Não tem importância, lembre-se que não há remédio que não tenha efeito colateral.
.
O remédio vale para o sexo feminino também, com a troca de palavras, de prima para primo e de marido para esposa. O remédio também vale para o sexo feminino, sem as trocas dessas palavras, quando for o caso. O mesmo se diz para o equivalente masculino."
.
Paulo Ghiraldelli Jr., filósofo.
.

MOTIVO.

.
Minha esposa se sentiu mal e fomos ao hospital daqui de Floriano. Chegando lá vi muitas barbaridades: uma moça baleada, outra toda ralada em conseqüência de queda de moto, outro todo quebrado também por queda de moto, outra doente por acidente doméstico, outros indo a Teresina para tratamento mais especializado...
.
Minha esposa estava com infecção urinária. Em conseqüência a pressão subiu um pouco. Estava se sentindo mal mesmo. Fomos atendidos dentro dos padrões de um atendimento de dois minutos e tivemos o diagnóstico prescrito numa receita.
.
A ela foi prescrito um remédio para baixar a pressão arterial e uma injeção para diminuir a dor decorrente da infecção. Ao sairmos da sala disse que ela não iria tomar a injeção, apenas o remédio para a pressão. Apenas um foi prescrito. O bicho é tão forte que só um basta.
.
No outro dia como tudo havia continuado como dantes, e mais os efeitos colaterais do remédio, tivemos que ir a Teresina. O médico que a atendeu lá disse que o que prescreveram para ela em Floriano foi um erro inadimissível para alguém que se formou em medicina. O problema da alteração na pressão era conseqüência da infecção. E que nunca se poderia prescrever um remédio como o que foi prescrito para ela naquelas circunstâncias.
.
O médico foi enfático. Muito claro. Se ela tivesse tomado dois comprimidos do remédio teria morrido. Se ela, naquelas circunstâncias, tivesse tomada a injeção, também teria morrido. O remédio é tão forte e extemporâneo para aquela situação que o efeito dura, em média, três dias.
.
Aqui em Floriano têm muitos médicos de altíssimo conhecimento em suas áreas. Vários médicos de Teresina encaminham pacientes para continuar tratamento aqui em virtude de confiar nesses que sabem do ofício e são reconhecidos por eles. É verdade que temos muitos profissionais que têm em sua profissão um caminho para a sua realização como pessoa e como profissional. Muitos são felizes fazendo aquilo que fazem. Por isso fazem bem.
.
Em Floriano presta-se um dos melhores serviços de saúde do estado do Piauí. Os exames laboratoriais realizados aqui, quase a totalidade, coincidem com os de outros lugares com maior referência. Então, temos grandes médicos e ótimos laboratórios. Tanto é verdade que muita gente acorre à nossa cidade para resolver problemas de saúde.
.
Mas infelizmente temos outros tantos que se dedicam à profissão apenas pela questão do status social e financeiro. E a decorrência mais clara disso é o modo como atendem e fazem o que têm de fazer. Com total e absoluta tristeza por não ser um indivíduo realizado como pessoa. Pode até ter realização financeira, mas não é só isso que faz de um profissional, se qual for a profissão, feliz e realizado como ser.
.
Infelizmente esses poucos profissionais da área da medicina que agem dessa maneira irão fazer outras tantas famílias com menos recursos financeiro sofrer os dissabores da ausência de entes queridos. Infelizmente. No nosso caso fomos logo buscar um diagnóstico verdadeiro, completo (não simplesmente pelo acréscimo do acompanhamento dos exames), gentil, humano, competente, em Teresina. Mas, senão, hoje eu seria viúvo. E por um motivo torpe.
.
Ah, não gosto de Teresina porque lá é quente ou não tem praia. Não. Aqui é também quente e não tem praia, mas amo minha cidade. Porém, não gosto de Teresina porque lá não tem muito do que se gostar. É só isso. Não tenho inveja, nem coisas desse tipo, não.
.

JÁ VOLTEI.

.
Pois é, estive ausente por motivo de viagem a Teresina. Foi uma questão de urgência, o outro motivo que me faz ir lá. Só vou, também, porque tenho irmãos e parentes lá, e de vez em quando vou visitá-los.
.
Mas me deu uma angústia em ver Teresina ornamentada para as festividades de fim de ano. Quando visito uma cidade começo a compará-la em seus aspectos mais visíveis com nossa cidade. Na maioria das vezes sinto uma angústia tremenda em saber que os prefeitos dessas outras tantas cidades não são de outro planeta para fazer de suas cidades um lugar digno para seus moradores.
.
Já falei aqui sobre o que penso do FATO da obra INACABADA da praça central. É melhor assim do que ostentar aquele atentado ao senso estético do cidadão com aquelas horrorosas lâmpadas incandescentes.
.
Então, é lastimável ver a nossa querida cidade entregue a pessoas absolutamente incompetentes para dministrá-la, por menor que seja o conhecimento em administração pública. Vendo a cidade de Teresina à noite me causou deveras tristeza.
.
Apesar da administração JOEL desejo a todos os florianenses que vivem aqui, ou em outras plagas, boas festas de final de ano. Que em todas as festas que trazem felicidades aos leitores do Blogue a felicidade, a esperança, a certeza, o orgulho, os projetos, os objetivos não sejam afetados pelos dissabores circunstanciais desses últimos quatro anos e, infelizmente, dos próximos quatro.
.
Um abração a todos vocês e muito, muito obrigado mesmo por acompanhar meu Blogue. Muita alegria e comemorações.
.

sábado, 20 de dezembro de 2008

PREMISSA FALACIOSA.

.
Há muitas pessoas que utilizam um argumento fajuto para justificar as desigualdades sociais. Esse argumento baseia-se na premissa falaciosa que diz: se as pessoas são naturalmente diferentes, não há como lutar pela igualdade entre elas. Assim deixam claro que as diferenças entre os seres é que criam as desigualdes sociais.
.
O sociólogo português BOAVENTURA DE SOUZA SANTOS no seu "Uma concepção multicultural de direitos humanos" (1997) diz: "...nem todas as igualdes são idênticas, e nem todas as diferenças são desiguais". Assim interpreto: o fato de sermos iguais como seres, indivíduos, etnia, religião, políticos, no campo econômico, não significa que somos idênticos. Que mesmo pertencendo a um mesmo grupo temos as nossas diferenças resgardadas. Não sou idêntico a ninguém, não penso idêntico a ninguém, não tenho vida econômica idêntica a ninguém... Mas posso pertencer a um grupo de pessoas que estão num mesmo nível de igualdade.
.
Por outro lado, não são as diferenças que existem entre os seres que justificariam as desigualdades entre eles. Precisamos fazer um levantamento dos termos que usamos para justificar certas situações para que não cometamos erros como esses. Os significados das palavras têm uma influência muito grande sobre aquilo que dizemos. As palavras polissêmicas podem também nos levar a enganos.
.
Diferente não é sinônimo de desigual. Se utilizarmos essas palavras para tratar de questões sociais que envolvam o aspecto econômico podemos perceber que elas são distintas. Não são iguais, idênticas.
.
Então, não sou pobre porque sou pardo em comparação a alguém que é rico e branco. Essas diferenças biológicas, fisiológicas e étnicas não são justificadoras da pobreza de ninguém. Mas é um argumento muito utilizado para justificar as desigualdes e levar as pessoas a aceitarem as suas condições sociais e econômicas com submissão.
.
Polissemia é uma coisa interessante, mas quando usada com ardil causa mal, porque muita gente termina aceitando a sua condição sem procurar lutar para melhorar a sua vida.
.

NA SEGUNDA-FEIRA.

.
Estou escrevendo uma postagem sobre uma reportagem de Veja que abordou a influência do consumo no comportamento das pessoas. Vou ler mais alguma coisa para finalizar. Acredito que vai ficar uma abordagem crítica em relação aos argumentos utilizados para justificar o consumo.
.
Até lá, então.
.

FUTURO VEREADOR.

.
Ontem à tarde quando voltava de Picos parei para comprar pães lá no CHICO. Encontrei o FÁBIO OLIVEIRA que é presidente do PP em Floriano.
.
Conversando sobre política perguntei se ele vai mesmo se candidatar a vereador em 2012. Ele sorriu e disse que só se candidataria se eu o apoiasse. Como sou de outro partido ficaria meio impossível esse apoio. Mesmo que estejamos ainda em 2008.
.
O meu apoio pode ser dado através de postagens levando o nome dele à lista dos possíveis candidatos em 2012. Não de brincadeira, mas falando de uma possibilidade plausível, já que seu campo de atuação está limpo.
.
O cara é preparado para assumir essa função. Sei disso não porque o nível da câmara é, e será na próxima legislatura, muito baixo, mas porque em si mesmo ele possui as qualidades necessárias ao desempenho de um parlamentar qualificado.
.
Ele não se incomoda dos aproveitadores de uma boa notícia como essa ir lá na empresa em que trabalha lhe pedir "dez real". Te vira FÁBIO.
.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

FAZ SENTIDO.

.
O Jornal Hoje da TV Globo exibiu reportagem no dia 18.12.2008. em que aparecem numa mesa de "negociações" o atual prefeito do município de Nova Bandeirantes (MT), VALDIR MENDES BARRANCO (PT), e seis vereadores da oposição em imagens e sons de uma câmera escondida.
.
A gravação foi uma armadilha para pegar vereador safado, ladrão. Os seis bandidos estavam extorquindo o prefeito para aprovar as prestações de contas deste ano. Exigiam R$ 50.000,00. O prefeito fingiu estar de acordo e gravou tudo. Depois de denunciar o crime foi orientado a gravar as conversações.
.
O prefeito ofereceu de imediato R$ 1.000,00 a cada um deles como adiantamento. Os sujeitos aparecem recebendo o dinheiro. Quando saíram da prefeitura foram presos.
.
O prefeito é do PT. Tentou se reeleger mas não conseguiu. Ficou em terceiro lugar com apenas 20,75% dos votos válidos. Por que será? Se tivesse sido reeleito, teria feito a denúncia? Houve extorsão nas prestações dos três anos anteriores? São perguntas que deveriam ter sido feitas ao prefeito. Mas essas reportagens só mostram a verdade que interessa.
.
O advogado dos presos disse que tudo foi uma armação do prefeito. Por que não esclareceram esse aspecto? É só retórica de advogado, ou algo mais?
.
Agora, a gente fica pensando nas coisas que acontecem em nossa região. Tem um sujeito que há quatro anos e pouquinho andava puxando a cachorrinha aqui em Floriano. Foi ser vereador numa cidade do interior e está rico. Outro dia trocou de carro e agora anda de caminhonete nova. Dessas que fazem sucesso entre esses sujeitos novo ricos que não foram presos ao saírem das prefeituras.
.
É isso aí. Um dia nós vamos aprender a votar.
.

O MATO E O IMBECIL.



"Midori-san, a planta blogueira do Japão, Ter, 28/10/08, por Época" (http://colunas.epoca.globo.com/planeta/category/sem-categoria/)
.
"Existe uma planta no Japão que fala. E inclusive posta diariamente em seu blog.
É quase isso. A planta se chama Midori-san e foi criada pela empresa de tecnologia japonesa Kayac, em Kamakura. A empresa desenvolveu um sistema de interface botânica que ajuda o vegetal a transmitir seu estado de espírito em palavras. Ou pelo menos em ideogramas japoneses.
.
Funciona assim. A Midori-san é uma planta comum doméstica, da espécie Hoya kerii. Ligado a ela existe um sistema de sensores que captam as leve corrente elétrica na superfíce das folhas. Essa corrente responde naturalmente a mudanças no ambiente externo e na saúde da planta. Também é influenciado por temperatura, umidade, ondas eletromagnéticas próximas e a atividade de humanos. O sistema tem um programa especial que traduz esses sinais elétricos da planta em palavras. São frases que indicam o humor da planta. Essas frases vão para o blog de Midori-san.
.
Graças a esse sistema, desenvolvido por Satoshi Kuribayashi, da Universidade de Keio, a planta Midori-san virou a principal atração no Donburi Café, um restaurante de Kamakura. Ainda não se sabe que tipo de aplicação científica o sistema pode oferecer. Mas ele já abre uma janela para nossa percepção de outros seres vivos."
.
Quando li esta notícias pela primeira vez não dei muita importância, mas agora vi nela uma utilidade prática. E vou dizer porque.
.
Encontrei um amigo dos tempos de colégio aqui em Floriano. Conversamos sobre isso e aquilo, até que ele tocou no assunto desta postagem.
.
Ele disse que outro colega, que ouviu falar do meu Blogue e que tinha lido, perguntou se era eu mesmo que escrevia as postagens. Porque, segundo ele, não era o mesmo JAIR daqueles tempos. - Ainda bem. - Mas pelas vias tortas, ele está certo.
.
Fiquei com esse negócio na cabeça até que encontrei uma resposta, e tomara que ele leia isto. Não sou eu mesmo que escrevo as postagens. Eu coloquei um monte de eletrodos nos pés de mato que tenho no meu quintal (e já são muitos, agora imaginem com as chuvas), aí fico esperando que eles transmitam os pensamentos deles para que eu decifre e coloque no meu Blogue.
.
O cara matou a charada. O mato do meu quintal é que é o verdadeiro autor das postagens. Eu apenas interpreto e coloco aqui. Com toda essa tecnologia, quem precisa pensar para escrever alguma coisa? É um conselho que dou ao colega desconfiado. Compre uma roça e crie um Blogue. Vai dar certo. Pelo menos você vai sair dessa pasmaceira que é sua vida intelectual. Por falar em imbecil, você deixou de sê-lo? Pelo menos eu encontrei uma forma de cultivar o meu intelecto.
.
Contrate um japonês e compre uma roça. Depois divulgue seu Blogue para todo mundo ler. Vai dar certo.
.
Ah, ia esquecendo. Esse mesmo cara disse que escrevo palavras difíceis. Ora, bolas. Amigo, um ósculo no seu glúteo.
.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

SOBRE A DELCI.

Pense numa dupla amistosa (DELCI e HÉLIO DA RUA SETE).

.
Encontrei um amigo, hoje pela manhã, e ele me pediu para que fizéssemos uma campanha pedindo uma doação, de qualquer pessoa que se disponha, de uma rede ou de uma cama para a nossa amiga DELCI.
.
Explico: ela tem um bar lá na rua Sete de Setembro. Sou cliente dela, assim como tantos outros amigos. Quando a gente, à noitinha, pede uma cerveja para tomar e conversar ela começa a dormir na cadeira. Se a pessoa estiver só em companhia dela fica falando sozinha. Ela dorme mesmo, sem demora. E não está nem aí para o que se conversa com ela.
.
Quando a gente a acorda, ela ainda fica com raiva. Olha o respeito com os clientes DELCI. Acorda aí, vai.
.
O amigo pediu e vou fazer essa campanha, porque dormir em cadeira não está com nada. Se alguém doar uma rede, a gente arma do poste para o portão. Se for uma cama, olha aí DELCI, a gente coloca atrás do poste. Eu concordo com a campanha. Já estava na hora de alguém ter pensado numa coisa como esta campanha. Gostaria de contar com a ajuda das pessoas que são clientes, ou não, dela.
.
Por falar nisso, domingo ela prometeu uma peixada para todos os clientes. Ela mesmo vai pescar e tratar os peixes lá na boca da galeria. Domingo, então, vai ser aquela festa. Cerveja com peixe feito pela DELCI. O HÉLIO DA RUA SETE se antecipa e, esperto, come uma parte no sábado mesmo. O DEDIM vai levar uma caça (olha o IBAMA, menino) para a DELCI fazer para os clientes. Mas ele jura que é de criatório. Vai ser festa o dia todo. - Deixa só ela ficar sabendo que fiz isto aqui. Vai ser cada bordoada. Agora que lembrei, fiquei até receoso de ir lá.
.
Isso tudo no domingo, porque no sábado tem a festa do VALDO. Não tem escapatória. Vai pagar tudo.
.
Até lá clientes do bar da DELCI. Não esqueçam da peixada.
.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

FORMATURA DO JOSÉ VALDO.

.
Hoje, em Brasília, acontece a formatura do meu cunhado JOSÉ VALDO (que é patrulheiro da Polícia Rodoviária Federal) na turma de policiais federais da Polícia Federal.
.
Foram quatro meses de muito treinamento e estudos para que chegassem ao dia de hoje. E o grande dia chegou para todos eles. Se tempo disponível eu tivesse teria viajado com minha irmã, SORAYA, para assistir a solenidade. Porém, daqui envio as minhas felicitações ao VALDO e a todos os seus colegas de turma.
.
Mas o homem não está satisfeito com o objetivo alcançado. Ele disse que já está estudando para fazer concurso para delegado da Polícia Federal, que é aquilo que ele quer realmente. Então, mais uma vez desejo que ele se esforce e lute o necessário para atingir seus objetivos. E que estarei na torcida para que esses objetivos o tornem, cada vez mais, um homem feliz e realizado.
.
Sábado ele estará aqui em Floriano para pagar duas caixas de Bohemia, um carneiro, picanhas, galinhas, peixes... E será ele o pagador de tudo isso. A comemoração será lá no bar da DELCI (na rua Sete de Setembro). Só para os amigos dele.
.
Assim, não. Assim dói, né VALDO? Pensem num menino gastador.
.

RUA GABRIEL FERREIRA.

.
Todo ano os moradores e as pessoas que precisam passar pela rua Gabriel Ferreira, nas proximidades do colégio "Odorico Castelo Branco", vêem in loco o tipo de serviço que a prefeitura de Floriano presta ao cidadão.
.
Todo ano as águas derretem o serviço que todo ano a prefeitura faz lá. Temos que olhar para aqueles buracos, que interditam a rua, e perguntar por que aquilo sempre acontece.
.
Eu só consegui uma resposta. Qualquer engenheiro rabo-de-cabra sabe que para solucionar um problema como aquele deve-se investigar quais as verdadeiras causas que provocam a interdição da rua para poder tomar uma providência definitiva.
.
A coisa parece que é feita por gente incompetente que não sabe tratar seriamente um problema e age baseado apenas naquilo que PARECE ser. Aí decide fazer desse ou daquele jeito agindo como um ignorante baseado no "faz e testa". Não deu certo, "faz e testa" de novo até encontrar a solução. E todo ano é a mesma coisa. Todo ano aquele pedaço da cidade fica lastimável. É assim que, à primeira vista, pode-se analisar tamanha incompetência.
.
Mas não é tão fácil assim. O que se faz ali, com tamanha incompetência aparente, é outra coisa. Se procurarem quais são as verdadeiras causas que provocam o problema eles vão encontrar a solução. Encontrando a solução nunca mais eles precisarão refazer o serviço. Nesse caso eles não terão como justificar tantas despesas com reconstrução de calçamento.
.
Então, o que se faz ali todo ano é apenas um "mela mão" para que no próximo exista a demanda. Existindo a demanda, então existe a nota de despesa. Compra de material de primeira qualidade, uma montanha de gente para fazer o serviço... Sacaram?
.
Não é à toa que os moradores do bairro Caixa D'agua interditaram uma rua para chamar a atenção da imprensa e fazer a denúncia. Cheios de tanto desleixo, descaso, incompetência, falta de responsabilidade na administração da coisa pública, os moradores colocaram pedras e paus para interditar o fluxo no local em que existe o problema. Foi uma lição de cidadania. Quando o poder público não cumpre as suas funções a população pode e deve agir de forma responsável para obrigá-lo a tomar as providências.
.
Na mesma hora a prefeitura foi à imprensa dizer que vai agir. Mas como sabemos que isso é apenas uma meia verdade, os moradores terão de aguardar até passar o período das chuvas. E o problema não começou por causa das chuvas. É descaso mesmo, e de muito tempo.
.
Eles não fazem a manutenção do asfalto nem do calçamento e aí a população sofre com o descaso e eles terão tantas notas para emitir justificando os tantos milhares de reais em gastos.
.

"PAPAI JOEL".


.
Eu gostaria muito de ter tido essa sacada. Mas minha inteligência é limitada. Encontrei essa mensagem num Blogue. Pedi e o autor me autorizou a publicá-la, mas achou melhor que eu omitisse a fonte (é contraditório, mas respeito as suas alegações). É um retrato fiel de nosso querido, amado, desejado, paralisado amigo JOEL. Segue a mensagem:
.
.
.
"Maçãs de ouro
Dingonbel! Aqui estamos nós,
esperando a boa ação do papai Joel.
Joel, Joel! Cai do céu e me faz um favor,
traz contigo um sucessor
que não exerça o seu papel."
.
"Há alguns meses crianças corriam atrás do trenó do papai Noel; cantando sua música, esperando que ele as lembrasse quando renomeado fosse. Aquele papai Noel pegava na mão de todos, prometia presentes e se despedia sorrindo "HO! HO! HO! Papai Noel chegou!".
.
Então crianças e adultos criaram esperança. E disseram: esse é o papai Joel... O natal está chegando, estou eu escrevendo diariamente, esperando um futuro melhor e sonhando com um bom presente. Parece que nossa cidade nunca esteve tão bem decorada, vejam só: pisca-piscas foram substituídos por lâmpadas incandescentes. Magnifica a criatividade econômica do nosso papai Noel!
.
Aposto que nas licitações, maçãs de ouro decoram nossas árvores... Oh! Papai Joel, não desiluda as poucas crianças que em ti ainda acreditam. Pois se isso acontecer não haverá mais natal para o senhor, querido papai Joel!
.
As crianças querem só um pouquinho do que o senhor tem prometido a elas. Imagina só o que elas irão achar do senhor, quando o verem novamente, passando no trenó ( que trenó hein!), com um saco grande ( que saco hein!), cheio de presentes, riquezas e fortunas! ( esses 3 últimos nem comentarei). Seu saco deveria está vazio, você bem que podia distribuir os presentes nesse natal! Ao menos em consideração as 17.208 cartas que a ti foram enviadas!
.
Mas por favor papai Noel, distribui de forma igual para todos, vê se deixa a familia do Pólo Norte fora dessa vez, já que no último natal só eles receberam presentes.
.
Só uma última coisa papai Noel: troca aquelas lâmpadas incandescentes por fluorescentes, elas consomem menos energia, assim sobra mais pro senhor! Afinal economizar é importante pro senhor que pretende comprar um novo saco, pra guardar novos presentes, pois esse seu já não cabe mais tanta coisa.
.
Abraços da sua criança mais educada!"
.
.